Entre cidades: filmes etnográficos em diálogo - Brasil e Colômbia - Programa 3

20/08, 17h30

Programa 3 - O espaço e seus habitantes

Coordenação Jeferson Carvalho

O espaço e seus habitantes aborda as pessoas que, ao seu modo, circulam e se apropriam dos espaços nos contextos registrados, buscando diferentes formas de pertencimento. 

Convidados:

Francirosy Campos Barbosa (USP Ribeirão Preto)

Jonathan Echeverri (Universidad de Antioquia)

Debatedora: Silvana de Souza Nascimento (USP)

Entre cidades: filmes etnográficos em diálogo - Brasil e Colômbia

Programa 3 - O espaço e seus habitantes

Clique nas imagens para abrir os filmes.

Francirosy Campos Barbosa

A Revolta dos Malês, ocorrida em 1835, marca significativamente o universo Afro-Islâmico. Negros alfabetizados, que não aceitaram serem subordinados a senhores de escravos. No Islam, a escravidão é proibida, pois o homem deve servir apenas a Deus. Neste documentário, as expressões estéticas e narrativas entre o povo de santo e os muçulmanos se cruzam, trazendo outras versões que nos fazem adentrar outras histórias, que não sejam apenas as "oficiais", mas também, aquelas que nos são contadas por meio de mitos e que enriquecem este universo mágico que permeia a vida dos malês/muçulmanos.

Paula Morgado e João Cláudio de Sena

Os índios Pankararu, originários da aldeia Brejo dos Padres, próxima ao Rio São Francisco (PE), começaram a migrar para São Paulo a partir de 1950, fugidos da seca, da fome e dos conflitos com posseiros de terra. Cerca de 500 deles se fixaram na favela do Real Parque, próxima ao Rio Pinheiros, em busca de uma nova forma de vida. O documentário é um caleidoscópio da visão Pankararu acerca desta viagem que não tem fim.

Jonathan Echeverri

Este documentário conta as histórias de viagem dos africanos que partiram em busca de melhores horizontes fora do seu continente. Pelo caminho, a ausência de papéis, os controles migratórios, os recursos económicos limitados e as decepções em que caem dão ritmos diferentes aos seus itinerários. A história de Jonathan, um antropólogo que tem trabalhado no assunto desde 2009, liga estas histórias. No início Jonathan encontra-se em Dakar, Senegal com KC, Clifford, Mohamed, Camara e Prince que estão à espera de deixar o continente. Alguns anos mais tarde, segue os itinerários de Prince, até Quito, Equador, onde encontra Samson, Ivonne e Jermein. Enquanto os destinos dos viajantes que esperam em Dakar não são fixos, em Quito muitos africanos partem numa viagem arriscada para os Estados Unidos. Outros escolhem destinos menos comuns, tais como Quito ou Medellín, Colômbia. A tenacidade destes Africanos evoca a ideia de movimento como um impulso vital que transgride as fronteiras num mundo aparentemente globalizado.

 

Andréa Barbosa

Michele e Dalva são pacientes em desinternação progressiva do Manicômio Judiciário de Franco da Rocha em São Paulo, Brasil. Margarida é psicóloga na mesma instituição. Três mulheres ligadas pela fotografia, instrumento que sela uma relação de respeito e desejo pela vida.

Ana Lúcia Pastore Schritzmeyer

Todos os anos, adultos procuram os arquivos da Fundação CASA (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente, São Paulo, Brasil) em busca de prontuários referentes ao período em que, quando crianças e/ou adolescentes, passaram por abrigos públicos. O que faz com que esses adultos queiram recuperar os fios de suas vidas? Entre 2009 e 2013, foram analisados mais de 50 prontuários e realizadas entrevistas com alguns homens que estiveram, entre 1947 e 1974, no Instituto Agrícola de Menores de Batatais (IAMB/ SP). Registros; verdades (?); o direito à memória biográfica; histórias de "famílias abandonadas"; relatos de trabalhos e cuidados; laços atuais entre "ex-menores"; um diálogo entre fotos antigas e uma visita às atuais ruínas do IAMB, guiada por um dos entrevistados, compõem este documentário.

Ana Lúcia Ferraz

O palhaço, o que é? apresenta o trabalho da mulher no Circo-Teatro brasileiro a partir de uma história de casamentos e comédias. o filme foi rodado no sudoeste paulista.

English subtitles
Sous-titre en français

Luiza Calagian

O filme, realizado em parceria com um grupo de jovens mulheres da aldeia Tenonde Porã, em São Paulo, mistura ficção e documentário numa narrativa em torno da figura da Piragui, dona dos peixes na tradição Guarani Mbya. Foi realizado em parceria com o LISA (Laboratório de Imagem e Som em Antropologia) da Universidade de São Paulo, orientado pela Profa. Dra. Rose Satiko e com apoio da CNPQ. 

Shambuyi Wetu, Rose Satiko Hikiji, Jasper Chalcraft

Shambuyi Wetu, artista da República Democrática do Congo refugiado em São Paulo, constroi com suas performances narrativas sobre a experiência da diáspora e a situação do homme noir no mundo. O filme Tabuluja é uma criação colaborativa do artista com os antropólogos Rose Satiko Hikiji e Jasper Chalcraft, e integra a coleção Afro-Sampas, série de filmes sobre a experiência de músicos, dançarinos e artistas africanos residentes em São Paulo, desenvolvidos no projeto "Ser/Tornar-se africano no Brasil: Fazer musical e patrimônio cultural africano em São Paulo".

English subtitles

Francirosy Ferreira

Investigar temas diversos do Islã no Brasil, como o véu, o casamento, as divergências da comunidade, a relação entre os pesquisados e a pesquisadora é o desafio deste vídeo. Resultado de nove anos de pesquisa e de imersão nas comunidades islâmicas em São Paulo e em São Bernardo do Campo, Vozes do Islã é um convite imagético e sonoro a esse Islã no Brasil.